Postagens

Festa Marcolina

Imagem
Dia 13 de maio você está convidado para a Festa Marcolina!
Horário: das 17h da tarde até 03h da manhã Local: R. José Inácio de Oliveira, 405 - Imirim, São Paulo Por que R$20,00 Para entrar? (Ingressos a venda no local dinheiro ou débito)
Eu respondo! A festa tem como objetivo levantar recursos para o sustento missionário. Especialmente a viagem missionária para Colômbia.
IMPORTANTE: O ingresso da direito a 3 itens da festa mais o sorteio. Sobre a Festa
Vai ser uma festa ao estilo "Arraiá".
Vai rolar música, apresentações, sorteio, bingo (com prêmios incríveis), jogos e etc.
É um ótimo momento pra passar com sua família e amigos. O espaço é uma delícia, ambiente aberto com várias áreas pra você se acomodar. Venha curtir bons momentos e ainda ajudar a cumprir o ide!

Missão Colômbia

Imagem
A Colômbia esta entre os 50 países com maior grau de perseguição para com aqueles que seguem a Cristo. Eu fui chamado para (entre os meses de maio/julho), servir a Igreja Colombiana. Você pode fazer parte dessa missão. 
Como missionário sou voluntário e não cobro e nem recebo salário e, por isso, conto com parceiros que entendem a importância de colaborar com o Reino. Se você deseja ser um parceiro nessa missão ou quer receber mais informações entre em contato comigo (whats 11. 96779.0403). Obrigado!
Mais informações sobre a Igreja perseguida da Colômbia acesse:https://www.portasabertas.org.br/listamund…/perfil/colombia/ehttp://www.transmundial.com.br/autoridades-colombianas-int…/


Seja um parceiro em missões: Clique aqui

O Primeiro Passo

Imagem
No dia 28 de janeiro deste ano conclui a Escola de Treinamento e Discipulado, que é o primeiro passo para que você seja aceito integralmente em Jovens Com Uma Missão. Nesta escola nós somos avaliados na teoria e na prática, e os nossos valores e caráter são colocados à prova.

São três meses de ensino teórico vivendo 24 horas na base missionária da Jocum São Paulo. Depois são dois meses vivendo integralmente no campo missionário em outro Estado ou país. É um tempo precioso não só de aprendizado, mas de direcionamento vocacional e entendimento do que DEUS nos solicita.


Não é só de nossa família, emprego que abrimos mão. Nosso ego, comodidades, nossos achismos, nossas vontades sem fundamentos, tudo isso vai ficando para trás. Somos chamados a depender somente de DEUS e a aprender a colocar nossas vidas nas mãos do Criador.

E somos moldados em nosso caráter e personalidade. Vamos criando convicções bíblicas e sonhando em como contribuir para expansão do Reino de DEUS.

Quanto mais nós entregam…

Entre Rios

Imagem
Nosso primeiro destino foi para uma das ilhas que compõe a região amazônica do Estado do Pará. Especificamente a Ilha de Trambioca. Lá ficamos hospedados em uma Igreja do Evangelho Quadrangular onde dirigíamos os cultos, escolas bíblicas, visitas nos lares e encontros com as crianças.


Apesar do evangelho já ter chego aquela região a compreensão do mesmo é limitada e muitas vezes cheio de religiosidade e doutrinas humanas. O que dificulta tanto para expansão do evangelho quanto para o crescimento espiritual dos novos convertidos.


Aprendemos com as debilidades da igreja naquele local. Aprendemos antes de tudo a ouvir as pessoas, ganhar sua confiança e a construir relacionamentos. Somente através da construção de relacionamentos é possível entender uma comunidade ribeirinha e ser aceito por ela.



Após a construção de relacionamentos as pessoas se sentem confiantes para abrir seus corações e para receber as verdades do evangelho. E depois o que vemos é cura e libertação. Cura nos relacionamen…

Não tem Natal no Sertão

Imagem
Nosso segundo destino foi uma comunidade quilombola do município de Fernando Falcão, sertão do Maranhão. Segundo as Nações Unidas (PNUD 2010), é uma das cidades com o pior Índice de Desenvolvimento Humano  do Brasil.


A comunidade onde ficamos por quase um mês não possui água tratada, saneamento básico, correios, transporte público e a luz elétrica chegou a apenas 11 anos.


O mais impressionante é que a comunidade daquela região não tem conhecimento de CRISTO e sua mensagem. Ao visitar as casas na semana do Natal perguntávamos se as pessoas sabiam o que, simbolicamente, comemorávamos em dezembro e elas, humildemente, nos respondiam não saber.


A presença do cristianismo é quase nula em diversos povoados do sertão Maranhense.

Pudemos vivenciar e aprender com o trabalho dos missionários Felipe e Adriana Ricieri do PROMASE. E sobre a direção deles contribuir com casamentos coletivos, batismos, cultos, discipulados e visitas nos lares.




Vimos que há esperança! Veja mais fotos clicando AQUI.

Entre crianças, turistas e hippies

Imagem
Nossa viagem de dois meses terminou na vila de Trindade no município de Paraty-RJ na campanha de King´s Kids. King´sKids é um ministério internacional de JOCUM que treina e discípula adolescentes e crianças em diversas estratégias de evangelismo. O objetivo é incentivar e ensiná-los a buscar a DEUS e a tornar DEUS conhecido.



Durante uma semana as crianças e adolescentes são ministradas, recebem estudos, meditações dirigidas e individuais além de aulas de dança, circo, música e teatro.

Na semana seguinte as crianças vão colocar tudo o que aprenderam em prática. Realizamos intercessões e  impactos evangelísticos. 




Nosso grupo de crianças e adolescentes doaram parte de suas férias para evangelizar os turistas e a comunidade hippie residente em Trindade. 





Após dois meses viajando, acompanhar um grupo de 50 crianças e adolescentes por duas semanas foi uma superação de limites. É urgente a necessidade da Igreja em discipular nossas crianças. Em um mundo de valores tão deturpados, com grande fro…

Missões? Por que e pra que?

Imagem
Todo ser humano nasce com um chamado e uma vocação. Eu só demorei “um pouquinho” para descobrir a minha, ou passei muito tempo fugindo dela.
O sentido, ou motivo, para o qual fomos criados é o nosso chamado e vocação são as aptidões (dons, talentos) pelos quais nós cumprimos este chamado.
Fui chamado para anunciar o Evangelho e servir ao meu próximo. E tenho vocação missionária. O “processo” pelo qual descobri meu chamado e vocação vem ocorrendo a quase dois anos. Não vou relatar isso agora, mas é uma construção continua de “encaixe de peças”.
Apesar dos feedbacks das pessoas próximas a mim o start só ocorreu em minha primeira viagem missionária ocorrida em Julho deste ano para as cidades de Caririaçu e Araripe sertão do Estado do Ceará.
Eu creio que “todo aquele que invocar o nome de Jesus será salvo, mas como invocarão aquele em quem não creram? E como creram naquele de quem não ouviram? E como ouvirão se não há quem pregue?” (Romanos10:13-14) E este é o meu chamado: ir e pregar.

Receb…