sábado, 17 de setembro de 2016

Missões? Por que e pra que?


Todo ser humano nasce com um chamado e uma vocação. Eu só demorei “um pouquinho” para descobrir a minha, ou passei muito tempo fugindo dela.

O sentido, ou motivo, para o qual fomos criados é o nosso chamado e vocação são as aptidões (dons, talentos) pelos quais nós cumprimos este chamado.

Fui chamado para anunciar o Evangelho e servir ao meu próximo. E tenho vocação missionária.
O “processo” pelo qual descobri meu chamado e vocação vem ocorrendo a quase dois anos. Não vou relatar isso agora, mas é uma construção continua de “encaixe de peças”.

Apesar dos feedbacks das pessoas próximas a mim o start só ocorreu em minha primeira viagem missionária ocorrida em Julho deste ano para as cidades de Caririaçu e Araripe sertão do Estado do Ceará.

Eu creio que “todo aquele que invocar o nome de Jesus será salvo, mas como invocarão aquele em quem não creram? E como creram naquele de quem não ouviram? E como ouvirão se não há quem pregue?” (Romanos10:13-14) E este é o meu chamado: ir e pregar.

Receba meus informativos por e-mail. Fale comigo marcoaagarcia@gmail.com

Florecer no Sertão


A viagem missionária para o sertão do Ceará foi um divisor de aguas em minha vida.
Em meio a vida simples do sertanejo, das poucas perspectivas de emprego, escassez de investimentos e muita seca encontrei um povo sedento não por sucesso, mas por significância. E não é o que todo ser humano no fundo procura? Uma vida com significado? Um sentido, uma motivação, uma luz?

E assim eu descobri o que daria significado para os meus dias; doar minha vida para ajudar as pessoas a encontrarem o sentido maior de nossa existência.

Nessa viagem missionária realizada pela Igreja Bíblica daPaz, da qual sou membro, distribuímos 40 toneladas de alimentos, realizamos atendimentos na área de saúde, distribuímos cerca de 2 mil Bíblias e inauguramos uma Igreja na cidade para acompanhar todas aquelas pessoas que encontraram uma nova vida no Evangelho de CRISTO.

E ainda havia tanto para ser feito que eu não podia simplesmente voltar para o conforto de minha vida e por isso larguei tudo e parti... 

Tempo de Preparo.


Desde agosto estou vivendo em tempo integral na base de JOCUM São Paulo participando da Escola de Treinamento e Discipulado (ETED).

A ETED através de aulas teóricas e práticas tem como objetivo proporcionar suporte e treinamento para darmos os primeiros passos em missões e confirmar nossa vocação. É um tempo de separação para o trabalho na obra do Senhor onde nos dispomos a ser “barro nas mãos do oleiro”.

Nossas atividades na base missionária se iniciam as 6h30 da manhã com períodos de meditação, aulas, workshops, leituras, cultos, tempo de estudos e manutenção e limpeza.

Além do período teórico aos finais de semana temos a oportunidade de realizar trabalhos junto com igrejas locais, conduzindo aulas na escola dominical, realizando oficinas, impactos evangelísticos, testemunhando, ministrando o louvor e proclamando a Palavra.

Em JOCUM a teoria não vive sem a prática e o desenvolvimento do caráter faz parte da nossa formação. 

A missão é nossa!


Eu estou em missões, mas a missão não é minha. Ela é o empenho da Igreja que envia, dos amigos que oram, dos irmãos que contribuem e por último do obreiro que vai.
Eu estou indo e o mérito é daqueles que reconhecem meu chamado e decidem fazer parte junto comigo da missão.

Nem todos são chamados  para ir, uns são chamados para orar, outros para contribuir e outros para incentivar. Qual o seu chamado?

Caso você tenha o desejo de fazer parte de uma missão e caminhar ao meu lado através da oração, incentivo, ou contribuição entre em contato comigo.

Faço questão em prestar contas aos meus parceiros de missão, enviando relatórios e orando diariamente.
Juntos podemos mais!

marcoaagarcia@gmail.com
https://www.facebook.com/marcoemmissoes/ 

segunda-feira, 29 de agosto de 2016

E Poderia ter Sido Diferente...


"Então disse Saul ao seu pajem de armas: Arranca a tua espada, e atravessa-me com ela, para que porventura não venham estes incircuncisos, e me atravessem e escarneçam de mim. Porém o seu pajem de armas não quis, porque temia muito; então Saul tomou a espada, e se lançou sobre ela." (1 Samuel 31:4-4)

sexta-feira, 26 de agosto de 2016

O amor de Paulo pelos Romanos


"Primeiramente dou graças ao meu Deus por Jesus Cristo, acerca de vós todos, porque em todo o mundo é anunciada a vossa fé.
Porque Deus, a quem sirvo em meu espírito, no evangelho de seu Filho, me é testemunha de como incessantemente faço menção de vós,
Pedindo sempre em minhas orações que nalgum tempo, pela vontade de Deus, se me ofereça boa ocasião de ir ter convosco.
Porque desejo ver-vos, para vos comunicar algum dom espiritual, a fim de que sejais confortados;
Isto é, para que juntamente convosco eu seja consolado pela fé mútua, assim vossa como minha.
Não quero, porém, irmãos, que ignoreis que muitas vezes propus ir ter convosco (mas até agora tenho sido impedido) para também ter entre vós algum fruto, como também entre os demais gentios.
Eu sou devedor, tanto a gregos como a bárbaros, tanto a sábios como a ignorantes.
E assim, quanto está em mim, estou pronto para também vos anunciar o evangelho, a vós que estais em Roma." (Romanos 1:8-15)

segunda-feira, 22 de agosto de 2016