Devocional Lucas 23:40-48


"Respondendo, porém, o outro, repreendia-o, dizendo: Tu nem ainda temes a Deus, estando na mesma condenação?
E nós, na verdade, com justiça, porque recebemos o que os nossos feitos mereciam; mas este nenhum mal fez.
E disse a Jesus: Senhor, lembra-te de mim, quando entrares no teu reino.
E disse-lhe Jesus: Em verdade te digo que hoje estarás comigo no Paraíso.
E era já quase a hora sexta, e houve trevas em toda a terra até à hora nona, escurecendo-se o sol;
E rasgou-se ao meio o véu do templo.
E, clamando Jesus com grande voz, disse: Pai, nas tuas mãos entrego o meu espírito. E, havendo dito isto, expirou.
E o centurião, vendo o que tinha acontecido, deu glória a Deus, dizendo: Na verdade, este homem era justo.
E toda a multidão que se ajuntara a este espetáculo, vendo o que havia acontecido, voltava batendo nos peitos." (Lucas 23:40-48)


Ao lado do Messias dois malfeitores e um deles prestes a ser justificado!
O que o ladrão na cruz fez para ser salvo? Primeiro reconheceu seus pecados, segundo reconheceu que JESUS era o Messias. Terceiro aceitou/creu na promessa do Senhor.
O véu do templo se rasgou para que todos aqueles que reconhecem seus pecados, recebem a CRISTO como Salvador e guardam Sua promessa possam se apresentar justificados diante do Pai.

Reconheçamos o reinado de JESUS como o ladrão da cruz, reconheçamos a justiça de CRISTO como o centurião. Amém.

Postagens mais visitadas deste blog

Missões? Por que e pra que?

Colômbia: Aprendizado, Serviço e Gratidão.

Festa Marcolina