Devocional Lucas 20:19-26



"E os principais dos sacerdotes e os escribas procuravam lançar mão dele naquela mesma hora; mas temeram o povo; porque entenderam que contra eles dissera esta parábola.
E, observando-o, mandaram espias, que se fingissem justos, para o apanharem nalguma palavra, e o entregarem à jurisdição e poder do presidente.
E perguntaram-lhe, dizendo: Mestre, nós sabemos que falas e ensinas bem e retamente, e que não consideras a aparência da pessoa, mas ensinas com verdade o caminho de Deus.
É-nos lícito dar tributo a César ou não?
E, entendendo ele a sua astúcia, disse-lhes: Por que me tentais?
Mostrai-me uma moeda. De quem tem a imagem e a inscrição? E, respondendo eles, disseram: De César.
Disse-lhes então: Dai, pois, a César o que é de César, e a Deus o que é de Deus.
E não puderam apanhá-lo em palavra alguma diante do povo; e, maravilhados da sua resposta, calaram-se." (Lucas 20:19-26)


Aqueles homens enviados para acharem alguma culpa em JESUS reconheciam que ELE é “Mestre que ensinas bem e retamente, que não julga pela aparência e ensina com verdade o caminho de DEUS”, diante de tamanho reconhecimento de fé por que eles não eram salvos?
Crer não é recitar palavras. Não se crê com a mente mas com o coração. Quem crê não declara de boca, quem crê se entrega. Por isso eles racionalmente ficaram maravilhados com a inteligência do Mestre e calaram-se.

Crer não deve ser só com palavras, mas com ações. Amém. 

Postagens mais visitadas deste blog

Missões? Por que e pra que?

Colômbia: Aprendizado, Serviço e Gratidão.

Festa Marcolina