Devocional - João 3:1-12


"E havia entre os fariseus um homem, chamado Nicodemos, príncipe dos judeus.
Este foi ter de noite com Jesus, e disse-lhe: Rabi, bem sabemos que és Mestre, vindo de Deus; porque ninguém pode fazer estes sinais que tu fazes, se Deus não for com ele.
Jesus respondeu, e disse-lhe: Na verdade, na verdade te digo que aquele que não nascer de novo, não pode ver o reino de Deus.
Disse-lhe Nicodemos: Como pode um homem nascer, sendo velho? Pode, porventura, tornar a entrar no ventre de sua mãe, e nascer?
Jesus respondeu: Na verdade, na verdade te digo que aquele que não nascer da água e do Espírito, não pode entrar no reino de Deus.
O que é nascido da carne é carne, e o que é nascido do Espírito é espírito.
Não te maravilhes de te ter dito: Necessário vos é nascer de novo.
O vento assopra onde quer, e ouves a sua voz, mas não sabes de onde vem, nem para onde vai; assim étodo aquele que é nascido do Espírito.
Nicodemos respondeu, e disse-lhe: Como pode ser isso?
Jesus respondeu, e disse-lhe: Tu és mestre de Israel, e não sabes isto?
Na verdade, na verdade te digo que nós dizemos o que sabemos, e testificamos o que vimos; e não aceitais o nosso testemunho.
Se vos falei de coisas terrestres, e não crestes, como crereis, se vos falar das celestiais?" (João 3:1-12)



Nicodemos era um entendedor e letrado da lei. Todo fariseu conhecia da escritura. Nicodemos como fariseu devia ser um praticante da lei (v.1).
Ao presenciar os sinais que JESUS dava, Nicodemos reconheceu que CRISTO era o Mestre enviado por DEUS (v.2).
E ao ouvir o reconhecimento de Nicodemos JESUS reponde/afirma que na verdade quem não nascer de novo não pode ver o Reino de DEUS (v.3).
Nicodemos como criatura podia ver os sinais de JESUS, podia ver as obras do CRISTO. Mas, somente os que nasciam da água e do Espírito poderiam entrar no Reino de DEUS (v.5).
Os nascido da carne podiam ver os sinais mas somente os nascidos do Espírito poderiam entrar no Reino (v.6).

CRISTO convida a nascer de novo, no Espírito. Para assim provar do que é espiritual. Não sabemos de onde vem nem para onde vai mas o reconhecemos (v.8). Amém. 

Postagens mais visitadas deste blog

Missões? Por que e pra que?

Colômbia: Aprendizado, Serviço e Gratidão.

Festa Marcolina